Descarte

Texto: Adriana Azenha

Provocação: Patricia Teixeira

A performance "Descarte" apresenta 7 textos do livro homônimo escrito por Adriana Azenha. Inspirada em seus estudos das linguagens do inconsciente e do Tarô, ela selecionou textos do livro que representam paragens no caminho de individuação do feminino e que contemplam arquétipos presentes em personagens míticos, tais como Lilith, Hécate, Kali.  

 

A performance propõe a desconstrução de estruturas normativas que impedem o diálogo com estes arquétipos e apropria-se da expressão artística como uma possível mediadora deste diálogo.

 

O Descarte é o desapego do objeto. O objeto descartado na performance é a própria narrativa, como um diário sem dono, como uma foto sem rosto.

Currículo da Performance:

Senac Aclimação - Semana Senac de Leitura | Mulheres na Literatura (Abril/2019), Casa das Artes Coexistir (Julho/2019), Oficina Cultural Oswald de Andrade (Julho/2019), Estelar de Teatro (Julho/2019), Teatro Garagem (Julho/2019), A Próxima Companhia (Agosto, 2019).

Ficha Técnica
Texto e Atuação:
Adriana Azenha

Provocação: Patricia Teixeira

Figurino: Kabila Aruanda
Fotos: Michele Manoel
Produção: David Carolla

Realização: Azenha de Teatro

1/5
  • Facebook - círculo cinza
  • Cinza ícone do YouTube