Artistas Convidados

CAMILA BEVILACQUA | DRT 27793

Atriz com formação pela Escola Recriarte, atuou em diversos espetáculos, como "O Noviço", "O Assassinato do Anão do Caralho Grande", "A Mãe D'Ele" e "Os Veranistas". Atuou na produção do espetáculo "O Noviço", contemplado pelo Prêmio Funarte Miryam Muniz. Participou das oficinas de interpretação para teatro de rua com Parlapatões e Pia Fraus, Percussão e Dança Popular com Ângelo Madureira e preparação de atores no Studio Fátima Toledo.

CARLA DIAS | DRT 37472

​É atriz com formação pela Escola Recriarte e dubladora pela Dubrasil, tendo atuado nos espetáculos “O Defunto” com direção de Ulisses Pasmadjian, “Amigas de Fel”, com direção de Paulo Del Castro, “Fausto: Trajédia Subjetiva”, com direção de Jussara Moraes, “Jejum – No Suor do Teu Rosto Comerás Teu Pão Torradinho”, com direção de Adriana Azenha, “Esquina” e “Dorotéia”, com direção de Paulo Fabiano. Possui formação em Dança Flamenca e Danças Orientais, tendo atuado com o Grupo Rosa de Alhambra e Grupo Anutsen.

FERNANDA NOCAM

 Atriz, psicologa, psicanalista e doutora pela USP em Teatro e Saúde Mental, e mestre em psicologia psicanalítica. Curinga do Teatro do Oprimido e pesquisaora desse método. Atuou como atriz do grupo Camaleão de Teatro e Ateliê de Teatro. Ingressou no grupo de teatro de rua Troupe de Teatro Popular do Brasil. Dirigiu e produziu as peças "Perdoa-me por me traíres" e "O mendigo e o cachorro morto" para o Projeto Boca de Cena, da prefeitura de Uberlândia. No mesmo projeto, realizou o monólogo "Sodade", de Wagner Schwartz. Atuou como apresentadora e performer em shows e espetáculos no interior paulista e mineiro, e no Rio de Janeiro integrou o grupo de estudo e montagem na Colônia Juliano Moreira. Criou e dirigiu o grupo Poracaosos onde realizou diversos espetáculos. Em 2007, passou temporada com o grupo Teatro do Oprimido de Coimbra em Portugal, com o trabalho Cada macaco no seu galho. Tem poesias e textos publicados, e musicas que compuseram trilhas sonoras 

HEDME ALMEIDA | DRT 31547

Atriz com formação pela Recriarte e Cineasta, com formação pela Universidade Anhembi Morumbi. Atuou nos espetáculos "Dom Quixote - da Fantasia à Realidade", "Flores de Lispector", "Garden Now", "O Minuto depois" e "O Pequeno Guardador de Rebanhos". Realizou projeto de Iniciação Científica relacionado à História do Cinema Brasileiro e teve seu artigo publicado na Revista Anagrama. Em 2012, foi protagonista e produziu o curta metragem "Penélope", um dos filmes brasileiros escolhidos para integrar o projeto "Gesamt – A crowdsourced film" com o nome “Disaster 501, o que aconteceu com o homem?” concepção e direção de Lars Von Trier e Jenle Hallund (exibido no Copenhagen Art Festival, na Dinamarca). Entre 2007 e 2009 atuou nos espetáculos: "7 Minutos", Direção de Valéria Lauand; "Crise do Teatro", Direção de Samir Signeu; "Pena, Brasil", Direção de Jamil Dias. Em 2009, no FECT - Festival de Curtas de Teatro de Osasco, ganhou prêmio de Melhor Atriz, Melhor Texto Original, Melhor Espetáculo. Nos últimos anos tem se dedicado à Arte Educação, criando e conduzindo Oficinas nas linguagens que compreende para público infantil, juvenil e adulto.

JULIANA PASSOS

Mestre em fonoaudiologia e professora de expressão vocal em cursos de teatro, em escolas de curso profissionalizante e universitário. Faz atendimento clínico-terapêutico e ministra oficinas de respiração, voz e comunicação. Integrou o grupo La Nave Teatro, como preparadora vocal e fez a direção vocal da Cia. de Teatro Por Debaixo do Pano, na montagem da peça "Álecrim", além do Grupo de Teatro da Politécnica.

LIZ MANTOVANI | DRT 17954

Formada no Instituto de Artes e Ciências (Indac), desde 1998 está para o teatro e arte-educação. Em 1991 desenvolvera uma breve pesquisa em teatro-dança numa trajetória autoral, mas como se identificara com o processo de trabalho de teatro de grupo, a partir de 1992 dedicou-se a esta escolha. Trabalhou com os grupos Engenho Teatral, Teatro Vento Forte (foi indicada ao Prêmio Apetesp como Melhor Atriz na categoria de espetáculo infantil) e foi integrante-fundadora da Cia Teatro X, participando de todos os espetáculos da Cia como atriz, produtora e administradora, sendo alguns dos trabalhos: "Cidadão de Papel", "Espólio", "Bando de Maria", "Caminhador", Projeto "Contos da Quadra", "O Coelho", "O Menino e água". Participou de espetáculo de bonecos (técnica bunraku) promovido pelo Instituto Callis, e atouou como arte-educadora no Projeto Formação de Público e Projeto Teatro Vocacional.

ORDEP LEMOS

Cantor, multi-instrumentista e compositor, foi sonoplasta do espetáculo Toalha Assassina, dirigido por Fernando Guerreiro. Tocou com Elza Soares, Luiz Melodia e Beby do Brasil. Atualmente integra a banda de Kiko Zambianchi e prepara seu primeiro CD Solo. Um dos fundadores do grupo Lampirônicos, onde gravou dois CDs. Tocou com o pesquisador e fundador da oficina de investigação musical Bira Reis.

SILVIA FULLER | DRT 24906​

Atriz, encenadora e produtora de teatro. Formada em Teatro Físico e Generos a Comédia pla The Commedia School, da Dinamarca, é coordenadora de artes do Instituto Visão Futuro. Uma das fundadoras do grupo La Nave Teatro. Atuou no espetáculo "Gaester fra Rodby" em Copenhagen, Dinamarca. Fundadora da Cia. VerDeImproviso, com projetos de desenvolvimnto humano em empresas, ONGs e escolas. Integrou o Nucleo de Pesquisas Teatrais do TUCA, onde participu das montagens "A Humanidade da Gente" e "Morte e Vida Severina". Especializou-se em Psicodrama e Teatro Espontâneo, pela Cia de Teatro Espontâneo e em Teatro Fórum, pela Cia. do Teatro do Oprimido. Graduada em Comunicação Social pela UNESP.

​THIAGO NASCIMENTO | DRT 29638​

​Ator e Arte Educador, estudou na Recriarte – Escola de Atores, cursou 2 anos da formação do Ator na Escola Livre de Teatro de Santo André. Como ator destacam-se os seguintes trabalhos: "A Falha Trágica" , com a Cia Teatro X – Dir. Paulo Fabiano – 2002; "A Mãe D’ele", com a Cia Azenha de Teatro  - Dir. Adriana Azenha - 2005; "O Assassinato do Anão do Caralho Grande", com a Cia Faces Trágicas  - Dir. Péricles Martins -  2005; "Os Cegos de Brughel", com Formação 10 – Direção de Rogério Toscano – 2007; "Bumba Meu Fusca", com Centro de Aperfeiçoamento Teatral – Direção de Ednaldo Freire. – 2009. Como arte educador trabalhou em projetos e instituições como: Instituto Pensarte, Instituto Vygotsky, Studio Phalibis e Casa de Cultura e Cidadania. Dirigiu junto a Pablo Matta o espetáculo infantil "Gota sobre Gota", vencedor de 9 prêmios nos Festivais Estudantis do SESI Sorocaba e FETUSC – Bauru. Atualmente estuda Teatro na UAM.​

  • Facebook - círculo cinza
  • Cinza ícone do YouTube